17.1.14

Liebster Award


Bem, o primeiro selo do blogue! Yey. Agradeço mais uma vez à  por este selo. Basicamente isto consiste em responder a 11 factos sobre ti, responderes a 11 perguntas feitas por quem te nomeou e escolheres 11 blogues a quem queres passar o selo. Não te esqueças também de fazeres as tuas perguntas para esses blogues.
Vamos lá?


11 factos (desinteressantes) sobre mim:
1º - Estou sempre com frio até mesmo no Verão;
2º - Não desisto enquanto não conhecer o mundo todo;
3º - O meu primeiro 18 foi a português;
4º - Estou sempre com uma pastilha elástica na boca;
5º - Até agora, só pintei as unhas no máximo umas três vezes;
6º - Não tenho nenhuma saia no meu armário;
7º - Sempre tive um estilo diferente das outras raparigas;
8º - Tenho dificuldades em concentrar-me seja no que for;
9º - Não me sinto bem a fazer as coisas para agradar os outros;
10º - Adoro cabelo colorido e por isso já pintei o meu de várias cores;
11º - E, eu demorei mais de dez minutos a escrever estes factos (*risos*).

Perguntas da Cloe:
1- Se te pudesses descrever numa só palavra, qual seria? Provavelmente, indescritível.
2- O que te levou a criar o blogue? Eu criei o meu primeiro blogue em 2009 no intuito de poder escrever alguns textos que eu guardava nos rascunhos do telemóvel. Mais tarde, esse blogue foi descoberto por várias amigas minhas e então decidi abandoná-lo. Depois de algum tempo longe da blogosfera, criei este em Setembro de 2013 também como uma forma de poder "escrever á vontade".
3- O que nunca mudarias na tua vida? Boa pergunta. Eu acho que mudaria apenas a forma como as pessoas me vêm.
4- Se pudesses guardar apenas uma memória, qual seria? A minha primeira grande viagem a Paris que me fez aprender a olhar as coisas doutra forma.
5- Que tipo de música ouves? Eu ouço um bocado de tudo menos Pop. Ouço muito rock, indie rock, soul, r&b, hip hop e essas coisinhas todas.
6- Quais as bloggers com quem mais te identificas? Ainda sou nova aqui mas diria que todas as pessoas que sigo identifico-me nem que seja em uma pequeníssima coisa.
7- O que é mais importante para ti? A minha base é a minha mãe e eu mesma. Não consigo definir muito mais coisas/pessoas importantes assim.
8- Se hoje fosse o teu último dia de vida, o que farias? Isso pergunta-se? Ahah, com certeza que iria viajar.
 9- Quais os teus maiores vícios? Não tenho muitos vícios mas os que tenho irritam-me profundamente. Tenho o vicio de cheirar o cabelo, de consumir pastilha elástica, de cinco em cinco minutos desbloquear o telemóvel para ver as horas e o típico roer as unhas.
10- Qual o teu destino de sonho? Esquece, é desta que não vou sair daqui ahah. Tenho tantos, entre eles são Japão, Itália, Grécia, Turquia e África no geral.
11- O que significa para ti, a blogosfera? Significa um porto seguro, neste momento. Marcou-me muito no passado e espero que me continue a marcar numa maneira tão positiva.

Os blogues nomeados são:

P.s: Não tenho a certeza se estes blogues foram ou não nomeados para este selo, se já foram ou se já têm este selo peço desculpa.

As minhas 11 perguntas para esses blogues:
1º - O que achas que faz falta no mundo?
2º-  Quando te perguntavam "o que queres ser quando fores grande", o que sempre tu respondeste?
3º Tens orgulho no que te tornaste com o passar dos anos? 
4º Por quem nunca abdicavas? 
5º - Qual o sítio da casa que tu mais gostas? E porquê?
6º -  Uma frase que te descreve?
7º - Porque razão criaste o blogue?
8º Qual o teu grande sonho?
9º - Qual foi a tua maior desilusão?
10º - Mudavas alguma coisa na tua vida? E na blogosfera?
11º - E por último, qual é a tua maior fraqueza? 

Divirtam-se!

6 comentários:

  1. Já fui nomeada e já fiz, mas acrescento as tuas perguntas ao post agora :) Daqui a uns 10min já está.

    ResponderEliminar
  2. Já recebi o selo de outra pessoa, porém não costumo a colocar estas coisa no blog. Mas fico muito agradecida por teres te lembrado de mim. Vou responder aqui às tuas perguntas.
    1º - O que achas que faz falta no mundo? Pessoas mais verdadeiras
    2º- Quando te perguntavam "o que queres ser quando fores grande", o que sempre tu respondeste? Ao longo dos anos várias coisas, mas o que durou mais anos acho que foi enfermeira
    3º Tens orgulho no que te tornaste com o passar dos anos? Sim tenho
    4º Por quem nunca abdicavas? Não entendi muito bem estar questão
    5º - Qual o sítio da casa que tu mais gostas? E porquê? O meu quarto, é o meu espaço, onde posso estar sozinha
    6º - Uma frase que te descreve? Altamente maluca
    7º - Porque razão criaste o blogue? Para poder escrever o que me apetecer, e desabafar
    8º Qual o teu grande sonho? Ser feliz acima de tudo
    9º - Qual foi a tua maior desilusão? Uma pessoa que deixou de ser aquilo que me fez gostar dela
    10º - Mudavas alguma coisa na tua vida? E na blogosfera? Talvez arranjar um moço, ahahah Acho que a blogosfera está um pouco parada, por isso gostava que fosse mais ativa
    11º - E por último, qual é a tua maior fraqueza? Os animais, sou uma pessoa muito ligada a eles

    ResponderEliminar
  3. bem, como ja disse a varias pessoas, vou responder no aqui pq o tempo nao dá para tudo!
    aqui vai:
    1. um pouco mais de bom senso da parte da maioria das pessoas em pensar no que é certo ou errado
    2. mil e uma coisa diferentes xD ora massagista, ora guia turistica, ora costureira, tricotadeira, agora estou numa de designer grafica ahah
    3. muito orgulho mesmo e cada vez mais!
    4.pela minha irma!
    5. talvez a sala porque a acho acolhedora ou o meu quarto porque é o meu cantinho :D
    6. sinceramente nao sei xD
    7. precisava de anonimato e de poder escrever o que penso e sinto!
    8. conseguir alcançar os meus objetivos!
    9. o conjunto de facadas que uma amiga me deu...
    10. nao mudava nada pq um mundo perfeito nao tem piada!
    11. tocarem nos meus valores provavelmente, ou então trairem a minha amizade!

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada por te teres lembrado de mim, faço-o brevemente!

    ResponderEliminar

P.S: Os comentários estão sujeitos á minha aprovação. Normalmente retribuo a tudo e só em casos extremos é que não os aprovo. Muito obrigada!